Bio, Fotos e Vídeos

EP AbrigoApaixonada pela MPB, Beth Maximo envolveu-se  com a música muito cedo, quando, aos onze anos, ganhou um violão e passou a buscar reproduzir as canções que escutava, em rodas de amigos e familiares.

Em 2003, por sugestão de amigos, resolveu aventurar-se a cantar publicamente, iniciando, assim, um enorme aprendizado, cantando em bares do subúrbio.

Hoje, mais amadurecida, encara um novo desafio. A convite de Miriam Ferreira Gomes, presidente da Ação Social Edmundo e Olga, grava o EP ABRIGO, como projeto beneficente para a Creche Comunitária Anjinho Feliz, mantida pela Instituição. O EP, composto de 5 músicas inéditas, teve os arranjos e a produção musical de Paulão 7 cordas, músico e arranjador de grande conceito no meio musical, que já produziu, entre outros, Zeca Pagodinho. Desafio aceito,e projeto concluído, essa carioca de pequena estatura chega para provar que tamanho não é documento, conforme poderão comprovar ouvindo o EP ABRIGO.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

De Tom Marrom - Um tributo à Alcione

Beth Maximo, realizou no dia 20/10/2017, no Teatro Municipal Ziembinski, o show "De Tom Marrom", que foi um tributo à cantora Alcione. O espetáculo contou com a participação dos músicos: Jorge Mendes (violão 7 cordas e Direção Musical), Cadu Mazzoni (bateria), Val de Souza (percussão) e Marcos Passos (sopros), além da cantora Lu Fogaça, como convidada especial.

Vários sucessos, como A Loba, Pior É Que Eu Gosto, Você Me Vira A Cabeça, entre outros, fizeram o público cantar e se emocionar, nesta homenagem à Marrom, que é uma referência na trajetória musical da cantora.

A Direção Geral foi de Miriam Gomes, com produção de Rose Barreto. Cabelo e maquiagem, Bruna Teixeira. Fotos de Paulo Aiemenot.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

Começaria tudo outra vez... e sempre - Um tributo a Gonzaguinha

Beth Maximo realizou, em 09/11/16, o show "Começaria tudo outra vez... e sempre - Um tributo a Gonzaguinha", no Teatro Municipal Ziembinski, acompanhada por Pedro Silva ( acordeon e sopros ), Alex Almeida ( percussão ), Cadu Mazzoni ( bateria ) e Jorge Mendes (direção musical e violão 7 cordas).

O show foi produzido por Rose Barreto, com direção geral de Miriam Gomes e toda a renda foi revertida para Ação Social Edmundo e Olga. O evento contou com o apoio de vários parceiros, como: Antônio Monteyro (cabelo e maquiagem), Centro de Estética Priscila Ladeira, Poseidon Semijóias, Gráfica Riocolor, DuBom Brownie, Centro de Estética Visual e Arlene Melo Fotografia, que registrou o show.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .